Como tratar a febre e o resfriado na gravidez

resfriado

A febre e os resfriados têm tratamento diferente durante a gravidez, a primeira diferência é que não se devem tomar medicamentos para tratar os seus sintomas porque poderiam afectar negativamente ao futuro bebé.

O que devemos fazer caso sofrer os incômodos, mas não graves, sintomas do resfriado e da gripe é usar os remédios caseiros. O que nunca deves fazer é automedicar-te!

A hidratação e o repouso são fundamentais sobretudo se temos febre. Devemos acrescentar o consumo de líquidos por meio de sucos, especialmente de cítricos, porque nos oferecem vitamina C, ideal para suportar melhor estes sintomas.

Os caldos de verduras são outra opção para manter-nos hidratados, para além de que nos confortam muito, já que beber algo quente nos ajudará a remitir os sintomas.

Se notas o nariz obstruído e tens dificultade para respirar, podes aplicar-te pelas fossas nasais soro, que é totalmente inócuo para o teu futuro bebé.

Se os sintomas persistirem, te sentires muito mal ou tiveres febre alta não duvides em acudir ao médico, já que deves examinar-te e o médico pode valorar os sintomas convenientemente e também recomendar-te certos medicamentos que te ajudarão a sentir-te melhor, sem que afecte à gestação.

Se tiveres febre alta é importante que acudas ao teu médico porque a febre alta pode afectar negativamente à saúde do bebé; por isso é possível que o teu médico te receite paracetamol. Normalmente as grávidas não gostam de tomar medicamentos, mas nalgumas situações, como esta, e sempre com conselho médico, é necessário.

Caso ter uma febre alta por processo gripal pode ser mais daninho ter 39-40º de febre e não tomar nada, que tomar-se um simples paracetamol.

Escrito por Colum

Technorati Tags: , , , ,

Outros post relacionados

Sê o primeiro em comentar!!

Tu email nunca se publicara. Campos obligatorios *

*
*